Diário de Bordo – Foto em Pauta – Tiradentes – Encanto e Mudanças

Ofineiros, convidados e participantes curtiram a dinâmica do festival | Fernando Lara

Por Fernando Lara

É fácil perceber que os fotógrafos mineiros estão encantados com a primeira edição do Foto em Pauta Tiradentes. Todos se encontram e, discretamente ou não, comentam que tudo vai indo muito bem até agora. E, quem sabe, se continuar como anda, o Festival pode alcançar um de seus principais objetivos, mesmo que este não tenha sido abertamente discutido: resgatar um pouco da auto-estima da fotografia mineira, que se ressente – como acontece em várias outras áreas do setor artístico – do pequeno papel que o Estado exerce no contexto nacional.

Mesmo que a maioria dos participantes seja do próprio Estado, há muitos grandes nomes nacionais e alunos de outros estados na cidade; uma boa indicação de que o Festival pode ser bem aceito nacionalmente. Nesse sentido, buscando a circulação da produção regional de fotografia, a primeira apresentação pública de hoje foi do fotógrafo mineiro Márcio Rodrigues, que apresentou o ensaio vencedor do último Prêmio Conrado Wessel, “Sol no Céu da Nossa Casa”. O trabalho, realizado junto com seu parceiro, Marco Mendes, registra a chegada da energia elétrica em pequenas comunidades do Norte de Minas.

A encomenda da documentação foi feita pela Odebrecht e contou com extensa pesquisa prévia de catalogação das famílias, que serviram de base para a equipe fotográfica decidir quem eles iriam contatar para as fotos. Marcio Rodrigues e Marco Mendes têm grande reconhecimento na área de fotografia de moda e publicitária e este trabalho estabeleceu o contato deles com uma outra área da fotografia.

Em seguida realizou-se um Ciclo de Idéias com Sérgio Moraes, Antônio Scorza, Alexandre Sassaki e Kátia Lombardi, representantes da Reuters, France Presse, O Globo e da Universidade Federal de São João Del-rey, respectivamente. O debate “Por um fotojornalismo que se anuncia” foi avidamente acompanhado por uma platéia lotada e um pouco receosa dos caminhos dessa nova relação da fotografia com vídeo.

France Presse, Reuters e O Globo têm abordagem distintas para a questão, mas estão todas discutindo, pensando e se movimentando em direção a uma cobertura “híbrida” dos fatos. Um ponto em comum é a afirmação de que a opção por utilizar recursos de vídeo pertence a cada fotógrafo. Mas, escaldados como somos, temos dúvidas se a contratação de um novo fotógrafo não poderá, muito em breve, ser decidida ou influenciada pela capacidade ou não de se trabalhar com produção e edição de vídeo.

Os três representantes também foram unânimes em afirmar que “há um movimento de retorno” à origem do fotojornalista, que precisará ter um trabalho mais elaborado, investigativo e autoral. A dúvida que paira no ar, no entanto, é quem vai pagar essa conta, tanto no que diz respeito à remuneração dos fotojornalistas com capacidade de trabalhar com essas novas mídias e ferramentas, quanto nos custos de capacitação desses profissionais.

Pontos como produtividade e qualidade dos trabalhos também são levantados. Me parece provável que um fotógrafo que também tenha de estudar edição de vídeo, captação de som e outros aspectos do cinema terá menos tempo de se aperfeiçoar no que faz(ia) originalmente. Nas palavras do representante da France Presse, um resumo da situação: “ninguém é obrigado a filmar, mas você recebe uma câmera de 5 mil dólares que faz isso [filma]…é um bom conselho [começar]”. A discussão foi seguida por uma apresentação das melhores fotos – e vídeos! – das agências.

Enfim, bem vindo ao mundo dos “fotógrafos documentaristas que fazem quase cinema”.

Sobre 7 Fotografia

Fotografia estudos discussões
Esse post foi publicado em Diário de Bordo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s