FlickrWeek – Rodrigo Lôbo

Pauta para o JC | Foto: Rodrigo Lôbo

Sempre que conversamos com o fotógrafo Alexandre Severo sobre sua trajetória na fotografia, ele faz questão de lembrar que sente falta de ter começado na profissão mais cedo. Foi assim em sua palestra no Fest Foto Poa, em alguns bate-papos em mesa de bar em Recife ou em uma entrevista que ele nos deu recentemente e que irá ao ar em breve aqui no 7.

O interessante é que sempre que toca nesse assunto, o exemplo que Severo cita é de Rodrigo Lôbo, fotógrafo do Jornal do Commercio que entrou na redação por volta dos 18 anos e hoje soma mais de dez na carreira. Lôbo é o que o pessoal aqui em Recife chama de “fotógrafo velho-novo”. Apesar de muito jovem – está na casa dos 30 anos – tem uma experiência enorme e um jogo de cintura belíssimo para lidar com a pauta cotidiana.

O material publicado em seu flickr, com diversas linguagens e formatos que são usados de acordo com o propósito da narrativa fotográfica, mostra um pouco dos temas que o interessam dentro e fora do jornal. Por isso eu gosto de ver. Sempre tive uma curiosidade latente por esse lado B dos repórteres fotográficos – o que eles fotografam quando não estão na redação ou que material ficou fora da pauta, que durante muito tempo era sempre a melhor parte.

Foto: Rodrigo Lôbo

Acho que é um modo interessante de observar por onde o olhar deles caminha, além das escolhas editoriais. Essa série das pessoas olhando para cima, durante uma ocorrência na Avenida Conde da Boa Vista, em Recife, acabou chamando a atenção justamente pelo “desvio do olhar” de Lôbo. Ele sai do que em tese seria o foco da notícia para se debruçar sobre as cenas que evocam o mistério e a ansiedade pela causa. Até hoje me intriga o que houve, mas nunca pergunto ao fotógrafo. Honestamente, prefiro não saber. É a interrogação que me faz continuar olhando este trabalho e eu gosto que seja assim.

O flickr de Rodrigo Lôbo, contudo, não vale apenas por esse conteúdo. O material dos sertanejos publicado recentemente traz retratos poéticos, lapidados por uma luz linda e bem trabalhada. As séries em médio formato, que trazem, entre outras coisas, um retrato recente de Anita Prestes. O cotidiano das viagens, família e do entorno do jornal, que muita gente passa sem olhar. É um flickr que vale a pena ter nos favoritos porque sempre tem histórias e personagens bacanas para a gente apreciar.

Foto: Rodrigo Lôbo

Esse post foi publicado em Flickrweek e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para FlickrWeek – Rodrigo Lôbo

  1. Sou suspeita para falar de Rodrigo!! Adoro o trabalho dele desde sempre!! Só não concordo com o Severo de dizer que começou tarde!! Que é isso, rapaz???!!! Oxe!!! Lembrem-se de Cora Coralina que começou a ganhar seus prêmios com mais de 70 anos de idade!! Claro que o objetivo não é esse, mas entrando com uma frase bemmmmmmmmmmmmm clichê: “nunca é tarde pra começar algo”. kkkkkkkkkkkkk 🙂 Beijocas em todos, em Seve e principalmente em Rodrigo tão talentoso e querido! E Mucha Lucha pra ele e para vocês, meninas também talentosíssimas!!🙂 Cheiroooooooooooooooooo!! Luciana Cavalcanti – http://www.fotograficaminhamente.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s