Plataforma: Poeme-se

Um dos projetos mais lindos e doces que descobri ultimamente é bem novo (desde junho de 2011), mas já vêm fazendo sucesso. Pudera, é merecidíssimo! O tumblr Poeme-se oferece um encontro lúdico entre texto e imagem. É poesia visual onde as ferramentas se encontram em uníssono para fazer valer a criatividade e beleza.

Essa coisa de texto/imagem é lendária, sempre há quem diga: uma imagem vale por mil palavras! Sempre fui da opinião de que cada caso é um caso, há imagens que pedem texto, há textos que clamam por imagens e há, ainda, fotos e textos que não pedem absolutamente nada, são auto-suficientes. Mas aqui a simbiose reina absoluta, são lindas fotografias, todas analógicas e sem tratamento, que ganham e crescem com a sobreposição de frases bem encontradas.

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

As fotografias transmitem emoção, sentimentos, sensações, e eles são subjetivos na maioria das vezes, por que nos tocam de maneira singular. A imagem se traveste do que sinto, do que vejo e do que vi e vivi. Mas e quando essas imagens são acompanhadas por lindas frases, citações, poemas, letras de músicas, pedacinhos de ditos de outrem que podem potencializar essa subjetividade ou dar o tom da objetividade? Isso pode ser uma experiência ainda mais gostosa.

O segredo de Poeme-se está no cuidado e amor de Mariana Caldas, moça friburguense e jornalista de 22 anos, que começou a fotografar no fim da faculdade e desde então mantém um lindo caso de amor. Mari diz que o Poeme-se surgiu num domingo qualquer, enquanto mergulhava na fotografia e em seus devaneios e tentava fazer uma versão escrita a mão para dar de presente, quando, de repente, tudo fez sentido.

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

“Gosto de dizer que o poeme-se é uma sensação boa, 30 segundos de respiro no nosso dia, sempre cheio. Ele vive pra fazer feliz, pra tirar um sorriso bobo, fazer lembrar do que é bom.” Mari.

Ela diz ainda que a seleção acontece de forma muito natural, uma frase lembra uma foto, uma foto puxa uma música e por aí vai, tudo reflexo do que ela está vivendo, experimentando, ouvindo, sentindo. Mas às vezes acredita que são elas mesmas que se escolhem…

É essa conjunção verbal/ imagética/emotiva que faz deste tumblr um projeto tão bacana que tem ganhado, inclusive, a forma física. Pois é, pode-se comprar essas imagens e tê-las inspirando seus dias pregadas às paredes. Legal, né?

O bacana é ver que Mari tem alcançado o seu objetivo, o projeto está crescendo, ganhando admiradores, e inspirando pessoas. Tem dias que os poemas me inspiram, me emocionam, me alegram, em outros traduzem meus mais sinceros sentimentos ou pensamentos, por vezes apenas me fazem sentir uma coisa boa, de toda forma, já virou costume ir dar uma olhadela no Poeme-se, e sorrir.

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

Poeme-se | Mariana Caldas

Para conhecer mais do trabalho de Mari, podem acessar também os links abaixo, muitas fotos vocês vão reconhecer:

http://www.flickr.com/photos/marianacaldas
http://cargocollective.com/maricaldas

Sobre Maíra Gamarra

Maíra Gamarra é alagoana, com um pé na Bolívia. Turismóloga, fotógrafa (com bacharelado em Fotografia) e produtora. Vive e fotografa por amor, para aprender e conhecer, ter múltiplas experiências e estar em contato com o mundo em toda a sua diversidade.
Esse post foi publicado em Plataforma e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Plataforma: Poeme-se

  1. Projeto Verena disse:

    Show de bola. Eu acho muito bacana como alguns fotógrafos conseguem criar ensaios interessantes e inteligentes. As fotos falam por si só, mas usar os textos é uma sacada legal porque direciona o pensamento de quem vê…. tá isso pode ser ruim em alguns casos, mas quando bem usado gera essas fotos criativas.

    Ótimo post.

  2. O flickr dela é muito particular. Me deu certa cautela e muito respeito ao entrar e ver suas andadas e olhares. Cada vez mais sinto que por ai existe o sentimento de mostrar e compartilhar o que se vê, vive e sente. Penso que fotografia passa por isso e por vezes é isso. Sempre singular. Gosto de entrar nesses cantos e me sentir chegado. Bom de ver e de sentir junto.

  3. Lee disse:

    adorei a idéia: Popeme-se!🙂

  4. Que bom que vocês também gostaram, esse projeto é realmente uma delícia!!🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s