Podia ficar olhando pra sempre esta foto de W.Eugene Smith

Charles Chaplin, 1952 | W. Eugene Smith

Charles Chaplin, 1952 | W. Eugene Smith

 

Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror.  (Chaplin)

 

É quando eu me sinto “dentro” da fotografia, que sei que ela é boa. Quando consigo me sentir parte da cena, enxergo o extraquadro inteiro e quase posso imaginar os momentos anteriores e posteriores ao click, sei que ela me ganhou. Comigo isso acontece com várias imagens, muitas delas, obviamente, eu poderia ficar olhando pra sempre e por isso mesmo estão aqui pelo blog distribuídas em vários posts. Essa de W.Eugene Smith me ganhou por isso e também por outros motivos.

Não seria difícil de me agradar já que adoro Eugene, adoro Chaplin, adoro cinema, adoro fotografia e adoro ouvir uma boa história por trás de uma boa fotografia. Mas ela tem algo a mais, talvez um quê de mistério, uma pitada de nostalgia e mais meia colher de admiração.

Charles Chaplin é um dos maiores ícones do cinema mundial, seus filmes continuam encantando gerações e gerações, seu legado é imenso, seja como ator, diretor, produtor, humorista, empresário, compositor, escritor, comediante, dançarino ou roteirista. Ao ver seus filmes, ainda sorrio e choro com a mesma facilidade de quando era criança e assistia O Garoto com minha mãe. Charlie foi um homem incrível, visionário, e sua produção deixou uma contribuição inquestionável à sétima arte. Em meio às guerras, seus filmes fizeram o público rir e se divertir com o cinema mudo e sua comédia pastelão, levando emoção e esperança a tempos sombrios.

As imagens que guardo de Chaplin  em meu imaginário são do ator em cena ou caracterizado como Carlito, nessa foto, esse sorriso improvável e dúbio me desconcerta porque expõe o artista em um momento íntimo e me faz pensar em Charlie de outro modo. Neste momento vejo-o como ser humano mais que como símbolo e, como só a fotografia sabe fazer, me sinto bem próxima a ele, parece que estou ali no camarim, quietinha, no cantinho direito superior da foto, ao lado de Eugene, pronta para ver a próxima pantomima.

Os camarins e bastidores sempre me tocaram de forma muito particular, esses lugares reservam muitos segredos, histórias, suspenses… Ali as coisas podem dar certo ou errado e o público nunca irá saber. Fiz teatro durante alguns anos e vi e vivi muita coisa por trás dos panos, puro encanto. É, ainda, o lugar onde o artista se transforma no personagem, pura magia.

Soube depois a história dessa imagem, W.Eugene Smith cobria os bastidores das filmagens de Luzes da Ribalta para a Revista Life, em 1952. Há, inclusive, uma série de fotografias com a mesma composição que essa, de Chaplin caracterizado de vários personagens diferentes na frente do espelho do camarim. Mas, ainda assim, essa é a que mais me cativa, acho que é esse tal desse sorriso…

Conta-se que Smith e Chaplin não se entrosaram muito bem. Ao que se sabe, o fotógrafo era uma figura exigente e perfeccionista (consigo mesmo e com os outros) e Chaplin parece não ter lhe dado muita atenção, não houve uma conexão entre ambos. Isso teria contribuído para que Smith reprovasse o material que fez para a Life, dizendo ser um dos seus ensaios mais pobres. Eu discordo, mas não importa, o que sei é que tudo isso conflui para me fazer gostar ainda mais de uma imagem que desde o primeiro momento me conquistou pela simplicidade e pela emoção.

Sobre Maíra Gamarra

Maíra Gamarra é alagoana, com um pé na Bolívia. Turismóloga, fotógrafa (com bacharelado em Fotografia) e produtora. Vive e fotografa por amor, para aprender e conhecer, ter múltiplas experiências e estar em contato com o mundo em toda a sua diversidade.
Esse post foi publicado em Olhando pra sempre e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s