Autografia – Fernando Schmitt

Retomamos o #Autografia com belas palavras e fotografias de Fernando Schmitt. Uma boa leitura, cheia inspiração para todos.

O que você fotografa? O que você gosta de fotografar?

Coisas Vazias | Fernando Schmitt

Coisas Vazias | Fernando Schmitt

Eu fotografo coisas. Gosto de pensar que, nas coisas, fotografo as pessoas que lhes pertencem, que sou um fotógrafo humanista.

Sobre Vagalumes e Alvenarias | Fernando Schmitt

Sobre Vagalumes e Alvenarias | Fernando Schmitt

Faço fotos também das coisas que me possuem e que coleciono. Acho que as imagens que produzo me fotografam mais nu do que eu gostaria.

O lar não é onde | Fernando Schmitt

O lar não é onde | Fernando Schmitt

Eu gosto de fotografar a fotografia, mas, no fundo, isso todo mundo faz. Afinal toda fotografia carrega um discurso sobre a fotografia.

Fernando Schmitt

Fernando Schmitt

Eu fotografo imagens que desejam se tornar imagens. Tento entender seus desejos e torná-los fotografias.

Fernando Schmitt é fotógrafo e professor. Graduado em jornalismo e Mestre em Comunicação Social. Ensinou fotografia na Faculdade Panamericana de Arte e Design/SP, UNISINOS, PUCRS, UFRGS e ESPM-RS. Desenvolve junto com Fabiana Bruno a série de workshops “A Fotografia no Limite”, já realizados no SESC Pompéia e MIS em São Paulo. Atualmente atua junto ao Grupo de Estudo e Criação em Fotografia coordenado pelo editor e curador Eder Chiodetto e participa como oficineiro do projeto Pontos MIS do Museu da Imagem e do Som. Integra desde agosto de 2012 o conselho curador do Festival Internacional de Fotografia de Porto Alegre – FestFotoPoA.
Teve a obra “Sobre Vagalumes a Alvenarias” selecionada no III Prémio Diário Contemporâneo de Fotografia, 2012. Participou do VII Paraty em Foco em 2011 com a instalação Coisas Vazias e mostrou o trabalho 17 Dinheiros  no IV FestFotoPoA, em 2010. Faz parte do grupo de fotógrafos gaúchos Baita Profissional, para o qual realizou a curadoria das exposições 19 Individuais e Conexões possíveis, incontáveis desdobramentos e um encadeamento sem fim exibidas na Usina do Gasômetro em 2011 e no Canela Foto Workshops em 2012. Possui trabalhos nas coleções de Joaquim Paiva, Rubens Fernandes Jr. e Museu de Arte Contemporânea /RS.

Sobre 7 Fotografia

Fotografia estudos discussões
Esse post foi publicado em Autografia e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s