2 respostas para Diálogo 78 – Hora de desaprender

  1. Talvez eu já devesse estar acostumado a ver nas páginas deste livro ilustrado que é o blog setefotografia, meus pensamentos, minhas inquietações e anseios plasmados em palavras que não são minhas, mas das quais me aproprio, desavergonhadamente.
    Ainda não estou acostumado (e espero não ficar), ainda me espanto ao perceber como os elementos que me afligem (e a todos que se expressam através da fotografai) são lindamente captados, coordenados e condensados em um texto instigante e gostoso de ler. Repetidamente. E me emociono. E por isso agradeço.

    Beijos

  2. Val Lima disse:

    Marcão, querido
    É tudo uma grande troca. A gente se alimenta repetidamente, se constrói e se reconstrói. É a dinâmica da vida. E que feliz que a capacidade de espanto permanece, que a emoção permanece. Continuemos. Sempre.
    Eu também agradeço.
    Outros beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s