Uma resposta para Diálogo 70 – O Instagram não vai mais vender suas fotos mas qual uso você faz delas?

  1. Chico Peixoto disse:

    eu acrescentaria o caso dos memes. muitos são desenhos inspirados em gente real ou personagens marcados por momentos considerados engraçados e que por isso viram hit. outras tantos, porém, são fotos de pessoas fazendo gestos e expressões faciais cuja a exposição exponencial pode gerar um ambiente bastante constrangedor.

    há quem não ligue pra repercussão, como o jogador de basquete yao ming, que gerou o meme do oriental sorridente, ou o astrônomo neil degresse tyson, do meme “ui”. o mesmo não aconteceu, por exemplo, com o pedreiro galanteador (do bordão “sua linda”), um evangélico que não gostou nada de ter sua imagem exposta nesse contexto, pelo que pude apurar (pode ser uma versão falsa, como já observou Joana. como saber?). outro exemplo é o da marca de palitos de dente gina, que ameaçou processar o dono do perfil de facebook “gina indelicada”.

    verdade que não faltam na internet situações que diariamente ferem direitos autorais e de privacidade. e é bem complicado apontar uma maneira de monitorar esse tipo de ação na grande rede. se existe uma alternativa, certamente é uma bem distinta dos padrões de controle do mundo real. no caso do brasil, algo que poderia jogar um pouco de luz nessas questões embaçadas talvez seja o marco civil da internet, mas a votação do projeto de lei que visa estabelecer direitos e deveres no mundo virtual vive sendo adiada.

    uma vez vi em vídeo uma palestra do genial silvio meira, em que ele dizia que o futuro da internet será composto, entre outras coisas, de comunidades criadas pelos próprios indivíduos que a integram, com regras de convivência e produção próprias. acho que casos como esse do instagram só forçam a construção desse futuro. por enquanto, tempos apenas comunidades cujos indivíduos possuem necessidades particulares e uma pseudo sensação de liberdade e democracia, porém convivem em um ambiente criados por outros e modificados conforme a conveniência deles. o internauta de uma maneira geral precisa ter clara consciência disso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s