8 respostas para Diálogo 11 – Diálogos sobre a fotografia brasileira

  1. Mateus Sá disse:

    Que lindo em amigas?!!! Parabéns pelo Blog que anda cada vez melhor!!! Concordo plenamente sobre a importância da boa crítica no mundo das artes. Realmente estamos vivendo um momento onde isso é bem escasso. É tanto que quando alguém fala algo que não seja um elogio muitos acham estranho. Fico feliz em perceber que nesse blog há espaço para isso.

    Parabéns!!!!

    Mateus Sá

    • joanafpires disse:

      Ô mateus, bom mesmo é receber você aqui nessas nossas conversas. nossa intenção é bem essa: incentivar ao diálogo para que a gente possa pensar juntos mesmo. O 7 agradece demais pelo apoio! umabraço,

  2. Muito bom ver este tipo de debate!! Tenho adorado o blog e desejo de verdade que cada vez mais e mais discussões venham para melhorar/ fazer crescer/ revitalizar/ compartilhar/ desmembrar/ fortalecer/ unir/ harmonizar/ criticar/ diminuir picuinhas e mesquinharias/ tornar positivo/ informar/ pesquisar/ ver realmente/ baixar e subir a bola, de tudo o que se relacione à fotografia e seus desmembramentos!!

    Boa discussão!! Parabéns mesmo!!

    Lu.
    http://www.paralaxis.com.br

    • joanafpires disse:

      Lu, é muito legal poder contar com o seu incentivo. O seu blog é inspirador para muita gente que trabalha com fotografia no Brasil. Seja sempre bem-vinda! Vamos movimentar esses debates! umabraço nosso,

  3. Sergio Martins disse:

    Muito interessante seu post sobre esse trabalho do Eder, e acredito que a discussão seja de grande relevancia. Afinal, é de interesse de todos que a gente consiga destrinchar esses planos mercadologicos disfarcados de fotografia ou mesmo de arte. Projetos se valem de recursos publicos!!!!!

  4. Mateus, Lu e Sérgio.. sintam-se em casa! O 7 é troca! E queremos fazer essa troca com vocês também!

  5. Eduardo Queiroga disse:

    André Kertész não teve nenhuma menção no History of photography from 1839 to the present (em 1949), livro de Beaumont Newhall, que é um desdobramento de uma exposição no MOMA em retrospectiva a cerca de um século de fotografia. Não precisamos falar da importância de Kertész para a história da fotografia…

    Essa expo da geração 00 será referência para pesquisadores e para novos recortes q

  6. Pingback: #Diálogo 060 – Conversas sobre Curadoria |

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s